fundo-gradiente-tons-de-verde.jpg
Faça o agendamento online. 
É fácil, rápido e seguro.
Saiba mais
Prevenção é Saúde

Também conhecida como varizes do saco escrotal, a varicocele é a dilatação anormal das veias dentro do escroto, a bolsa que detém os testículos. Consiste na dilatação anormal das veias testiculares, que pode ocasionar vários problemas, como, por exemplo, dor nos testículos, principalmente durante o esforço físico, além de estar associada à infertilidade masculina. Segundo dados, 2/3 dos portadores de varicocele são inférteis.

Geralmente, é uma patologia congênita, aparecendo na maior parte das vezes na adolescência ou na idade adulta. Também pode causar atrofia testicular.

A partir dos 12 anos, a criança já começa a sentir um emaranhado de vasinhos. Estima-se que cerca de 15% dos homens, a maioria entre 15 a 25 anos, tenham varicocele.

A preocupação maior é quando surge após os 40 anos, quando há risco que esteja associado a um tumor intra-abdominal que está comprimindo a veia do testículo.

A falta de hábito dos homens em realizar consultas periódicas agrava os problemas causados pela varicocele. Quando diagnosticada e tratada precocemente, tem grandes chances de cura.

Principais sintomas

  • Dor nos testículos, que pode variar entre o desconforto a dor intensa;

  • Dor que melhora ao deitar de barriga para cima;

  • Inchaço ou presença de caroço nos testículos;

  • Sensação de peso nos testículos;

  • Infertilidade;
     

Também existem casos em que a varicocele não apresenta qualquer sintoma, podendo por isso ser diagnosticada apenas em consultas de rotina ao urologista.

O tratamento é cirúrgico, e sua indicação é restrita a casos com sintomatologia importante ou evolução com diminuição do volume testicular. A cirurgia consiste na ligadura apenas dessas veias dilatadas, deixando as outras estruturas do cordão intactas. Após a cirurgia, cerca de 70% dos pacientes apresenta melhora da qualidade do sêmen no período de 3 a 12 meses e a taxa de gravidez varia de 30 a 40%. Uma das dúvidas frequentes é com relação à parte sexual, sendo que a varicocele não provoca distúrbios da potência sexual.

A varicocele não é uma doença grave, quando tratada corretamente e no momento adequado, não traz grandes consequências. Entretanto, em caso de suspeita de varicocele, um urologista deverá ser consultado para avaliação e tratamento adequado.