confetti transparentes

VUP - Válvula de Uretra Posterior

Saiba mais
Prevenção é Saúde
Faça o agendamento online. 
É fácil, rápido e seguro.

A VUP é uma obstrução da uretra posterior, doença exclusiva de meninos detectada na maioria das vezes, antes mesmo do nascimento, ainda no período pré-natal. Deve ser tratada assim que a criança nasce ou em alguns casos mais complexos podem ser tratados dentro do útero e o acompanhamento pelo urologista pediátrico deve se iniciar ainda na fase pré-natal.

É uma malformação que ocorre durante o desenvolvimento do feto, apresentando-se como uma membrana na uretra, em sua porção próxima à bexiga. É a causa mais comum de obstrução uretral congênita em crianças, com incidência de 1:3000 a 1:8000 nascidos vivos, e de 2 a 8 novos casos em unidades de referência em urologia pediátrica por ano.

Em até 10% dos casos o diagnóstico pode ser tardio na fase da infância, e é importante causa de perda de função dos rins entre crianças. Uma vez que haja a suspeita pré-natal, o diagnóstico pós-natal deve ser confirmado.

O tratamento definitivo é feito por via endoscópica (pela uretra e sem cortes), com a fulguração da válvula (destruição da membrana por uma corrente elétrica).

É importante que TODAS as crianças que tiveram o diagnóstico de válvula de uretra posterior, mesmo aquelas que foram tratadas nos primeiros dias de vida e que estejam sem qualquer sintoma, sejam acompanhadas continuamente pelo Urologista Pediátrico, devido ao risco de descompensação do funcionamento da bexiga com o passar dos anos, o que pode levar a sérias consequências, como a insuficiência renal crônica.