Faça o agendamento online. 
É fácil, rápido e seguro.

Hematúria é a presença de sangue na urina e precisa ser sempre investigada.

Mulheres jovens com ardência ao urinar e hematúria provavelmente têm cistite. Pacientes com hematúria acompanhada de febre, calafrios, vômitos e dor lombar possivelmente apresentam pielonefrite. Hematúria acompanhada de excruciante dor lombar, com irradiação para virilha, costuma ser um sinal de cálculo renal.

A hematúria é a eliminação anormal de células do sangue (hemácias) na urina, seja pelos rins ou por outras partes do trato urinário. Ela pode ser visível quando a urina fica avermelhada ou escura (hematúria macroscópica), ou pode não ser percebida, sendo detectada apenas em exames de urina (hematúria microscópica).  O sangue na urina pode vir de qualquer parte do trato urinário. O sangue pode vir dos rins, dos ureteres (tubos que conectam os rins à bexiga), da bexiga (onde a urina é armazenada) ou da uretra (o tubo que vai da bexiga para o exterior do corpo). 

As doenças que podem causar hematúria são infecções do trato urinário, cálculos renais, alterações na bexiga, doenças renais (glomerulopatias ou outras), anemia falciforme, câncer, transtornos hereditários, dentre outras.

Tipos:

Hematúria microscópica: quando há muito pouco sangue na urina, que somente pode ser visto com a ajuda de um microscópio. Seria a presença de sangue só identificada no exame de urina chamado EAS (elementos anormais e sedimentos). Nos casos de hematúria microscópica sugere-se a investigação apesar do risco de ter algum tumor associado ser muito menor. A hematúria microscópica tem prevalência entre 10 – 16% da população e que destes em até 20% dos casos existem tratamentos urológicos específicos.

Hematúria macroscópica: quando há sangue suficiente na urina para ser visto a olho nu. Normalmente, a água do vaso sanitário fique rosa claro ou vermelho vivo. Pode ser também que você veja pontos de sangue na água depois de urinar. Tente observar em que momento a urina fica vermelha, se no começo ou apenas no final da micção.

Casos de hematúria macroscópica é fortemente recomendado ao paciente procurar um médico para investigar a causa do problema e sobretudo descartar a presença de tumores. É importante ressaltar que estima-se que de cada 10 pacientes com sangue na urina visível a olho nu e sem outros sintomas, 4 tem algum tumor urinário – especialmente bexiga.

Diversas causas podem levar uma pessoa a apresentar hematúria, mas apenas aproximadamente 25% dos pacientes têm uma doença séria.

Possíveis Causas:

  • Câncer de rim;

  • Câncer de bexiga;

  • Câncer de uretra;

  • Câncer de ureteres;

  • Urolitíase (cálculo renal);

  • Infecção do trato urinário;

  • Pielonefrite (infecção dos rins);

  • Hipertrofia prostática benigna (aumento da próstata);

  • Doenças renais de causas imunológicas, hipertensivas ou diabéticas;

  • Cistite (irritação na bexiga);

  • Infecção no trato urinário;

  • Exercício físico intenso e corridas de longa distância podem irritar os rins;

  • Pancada muito forte nas costas ou na lateral do tronco que machuque os rins, causando hemorragia;

  • Doenças auto-imune: lúpus, microhematúria paroxística noturna

  • Uso de medicamentos como anticoagulantes;

A hematúria pode ser causada por diversos motivos – mas alguns deles sequer apresentam causa específica. Porém, como a hematúria pode também apresentar problemas mais sérios, a presença de sangue na urina deve ser, sim, investigada por um profissional da saúde.

Para que se descubra qual o real motivo da hematúria, o médico pode pedir diversos exames, como exame de urina, exame citológico da urina, urografia intravenosa, citoscopia, testes de sangue e ultrassom dos rins. Outros exames laboratoriais de sangue e urina também ajudam no diagnóstico diferencial. Em algumas hematúrias, principalmente se houver suspeita de doença dos glomérulos renais, a biópsia renal pode ser indicada.

O tratamento da hematúria depende do que está causando a presença de células vermelhas do sangue na urina e dependerá do diagnosticada após a investigação, variando desde a resolução de cálculos a remoção de tumores, até o simples seguimento com exames periódicos sem tratamento específico.

Siga nas Redes Sociais

  • Facebook
  • Instagram